sábado, janeiro 28, 2023
Anuncie na Rádio Costa Azul
InícioNotíciasAngra dos ReisApós queixa de moradores, prefeitura tenta resolver problema de buraco

Após queixa de moradores, prefeitura tenta resolver problema de buraco

Dois dias depois que o Talk Show levou ao ar a queixa dos moradores do Encruzo sobre um buraco aberto na via pública na rua Milton Soares da Silva e os muitos transtornos, funcionários da prefeitura angrense foram ao local para remediar a situação. E enviaram fotos ao jornalismo da rádio Costazul FM.

Além da intervenção, a prefeitura de Angra também enviou a nota abaixo, por meio de sua assessoria de comunicação:

“Em relação a obra de construção de infraestrutura no parque municipal natural da Mata Atlântica (Parque da Cidade) – Obra iniciada em 05/09/2022 com prazo de 210 dias.
O cronograma foi prejudicado por conta das constantes chuvas ao longo dos meses finais de 2022, tendo em vista que os trabalhos se iniciaram pela terraplenagem e que não é possível realizar esses serviços com o solo encharcado.
Em virtude dessas condições citadas anteriormente, houve carreamento do solo não compactado, causando transtornos aos moradores da vizinhança.
As próximas etapas prevêem a execução da drenagem e dos revestimentos, solucionando de vez o problema de carreamento de lama até a estrada do contorno.
Vale lembrar, que essa situação já ocorria antes do início da obra, pois no local existe uma vossoroca (grande erosão) que está sendo tratada neste contrato”.

O município também se manifestou sobre a conclusão de outra obra no mesmo bairro: a conclusão de uma quadra e um campo de futebol, iniciadas há mais de 4 anos, segundo os moradores. Eis a resposta da prefeitura:

“A conclusão das obras do complexo esportivo do Encruzo da Enseada é uma prioridade da prefeitura de Angra, mas é necessário que os trâmites burocráticos sejam obedecidos.
No início, o Município tentou recurso junto à Caixa para a execução das obras, mas não houve sucesso.
Depois, um processo licitatório foi realizado. Na fase de abertura de documentos, uma empresa entrou com recursos e a justiça demorou cerca de um ano para a decisão.
Enfim, a ordem de serviço foi assinada e a empresa iniciou os trabalhos. Em função da empresa não possuir capacidade para concluir a obra, o contrato foi rescindido em setembro do ano passado.
A empresa terá que pagar multa e todo trabalho para correções necessárias para uma entrega de qualidade já foi descontado dela.
A equipe da secretaria de Urbanização, Parques e Jardins assumiu os trabalhos já no ano passado e continua em atuação. O alambrado do campo foi confeccionado e instalado e agora a equipe atua na pintura da proteção.
A prefeitura deu abertura a um novo processo licitatório e espera que, em pouco tempo, uma nova empresa esteja em ação para finalizar os trabalhos para que os moradores possam enfim usufruir da área de esporte e lazer de qualidade que merecem”.

Para entender melhor, leia abaixo:

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Anuncie na Rádio Costa Azul
X