sábado, março 2, 2024
Com Beto Carmona
InícioNotíciasAngra dos ReisCaminhada encerra atividades sobre a saúde dos olhos do Abril Marrom

Caminhada encerra atividades sobre a saúde dos olhos do Abril Marrom

A prefeitura de Angra e entidades apoio aos portadores de cegueira e baixa visão encerraram no sábado, dia 29, os eventos do chamado ‘Abril Marrom’, mês de conscientização e divulgação de informações sobre a saúde dos olhos. Uma caminhada pelo Centro da cidade reuniu deficientes visuais, amigos e familiares e pessoas que apoiam e lutam por mais qualidade de vida e acessibilidade para quem sofre com problemas de visão.

— Essas ações foram uma maneira de incentivar as pessoas a fazerem o tratamento correto. Só a gente que tem a deficiência sabe que não é fácil. Tem doenças que são silenciosas, muitas vezes a pessoa pensa que não tem nada e quando chega lá no médico descobre que é algo mais sério. Procurar os cuidados é a única forma de tentar reverter o quadro ou melhorar a qualidade da visão enquanto há tempo — comentou Ilza Pereira, deficiente visual que participou do evento.

A iniciativa foi promovida pela prefeitura, com envolvimento de várias secretarias, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Visuais (Apadev), o Centro de Apoio Pedagógico à Pessoa com Deficiência Visual (CAP) e a escola municipal de Deficientes Visuais de Angra, uma das primeiras do Estado.

Entre as ações de conscientização, vale lembrar ao menos 60% das doenças que levamà cegueira são tratáveis e podem evitar a perda total da visão.

— Foi um mês cheio de programações, ofertando serviços da assistência social e da saúde, orientações jurídicas e outras atividades. A caminhada foi um ponto alto pra fechar com chave de ouro essa programação, que foi criada, planejada e executada da melhor forma possível para levar mais informação e orientação à população — comentou Iris Fernandes, coordenadora municipal para a pessoa com deficiência.

Na semana do evento, o Talk Show recebeu Edília Carmo, presidente da associação Apadev. Ela comentou sobre as atividades da entidade, o papel da família no cuidado com os cegos e pessoas de baixa visão e da participação da sociedade nas ações da própria entidade. Você confere a entrevista de Edília na íntegra no nosso canal no Youtube.

ACOMPANHE AS ENTREVISTAS E SIGA NOSSO CANAL NO YOUTUBE
Acesse nosso canal no Youtube, siga e ative as notificações para ser avisado toda vez que estivermos ao vivo.

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X