sábado, dezembro 3, 2022
Anuncie na Rádio Costa Azul
InícioNotíciasAngra dos ReisEducação de Angra dá salto em nova avaliação do ensino fundamental

Educação de Angra dá salto em nova avaliação do ensino fundamental

A educação básica de Angra dos Reis teve um salto histórico na avaliação mais recente do Índice da Educação Básica (Ideb), medido por meio da Prova Brasil no ano passado. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação esta semana. Com engajamento de toda a rede, incluindo direção, professores e especialmente os alunos, Angra teve evolução nos dois níveis medidos: os anos iniciais (1º ao 5º) e finais (6º ao 9º).

Com os números obtidos, a cidade saltou para 12º lugar em educação no Estado do RJ nos anos iniciais e 15º nos anos finais. O feito foi considerado uma conquista para a educação pública municipal que, há vários anos, vinha tendo o pior desempenho entre os municípios da Costa Verde.

— Graças a uma série de investimentos em inovação, valorização do corpo docente e, principalmente, no combate à evasão escolar, a rede pública municipal de ensino de Angra registrou o melhor desempenho na série histórica do Ideb. Mesmo passando por um período de pandemia, com tantas dificuldades enfrentadas pelos alunos. Há muito trabalho a ser feito, mas há também um grande esforço a ser reconhecido — afirmou o secretário municipal de Educação, Paulo Fortunato.

Agora, no resultado geral do Ideb no Estado, considerando os municípios com notas empatadas, Angra subiu 31 posições nos anos iniciais – foi de 69º para 38º – e 25 posições nos anos finais – foi de 85º para 60º. Em nível nacional, Angra passou de 3642º nos anos iniciais em 2019, para 2549º, um avanço de 1.093 posições. Também nacionalmente, mas nos anos finais, o município foi de 2459º para 1656º, subindo 803 posições.

— Nossa gestão é voltada para resultados que não podem estar simplesmente no papel. Queremos que o aluno realmente aprenda. A educação de Angra está cumprindo seu dever. O aluno está aprendendo. Estamos focando na questão de apoio pedagógico, na formação, nos recursos tecnológicos e, principalmente, no monitoramento de frequência escolar. Ele frequentando a escola e aprendendo o conteúdo, os resultados são consequências — frisou o secretário Fortunato.

Em relação a 2019, o aumento nos anos finais foi o maior já registrado pela cidade, com o crescimento de 0,7% – de 3,8% para 4,5%. O aumento em nível estadual foi de 0,1% e o nacional foi de 0,3%. O aumento nos anos iniciais foi de 0,4% – de 5,1% para 5,5% – o segundo maior aumento já registrado no município, enquanto no estado houve queda de 0,1% e no país, queda de 0,2%.

RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Anuncie na Rádio Costa Azul
X