sexta-feira, junho 21, 2024
Com Beto Carmona
InícioNotíciasAngra dos ReisEletronuclear acena com acordo para pagamento de condicionantes de Angra 3

Eletronuclear acena com acordo para pagamento de condicionantes de Angra 3

A Eletronuclear acenou para um acordo com o município de Angra dos Reis e poderá pagar em até cinco anos os cerca de R$ 264 milhões devidos ao município em razão de compensações socioambientais pela construção da usina nuclear Angra 3. Desde 2009, município e empresa negociam a liberação destes recursos. Desta vez, o aceno foi durante reunião promovida pela Câmara de Vereadores de Angra na quinta-feira, dia 13.

De acordo com a prefeitura angrense, a Eletronuclear fará os pagamentos em cinco parcelas até 2027, data prevista para o início das operações de Angra 3. A primeira parcela será depositada ainda este ano, no valor de R$ 24,8 milhões. As demais serão pagas até 2027, no valor de R$ 59,8 milhões por ano. A previsão é que o termo de compromisso entre a prefeitura de Angra e a Eletronuclear seja assinado no dia 4 agosto.

A prefeitura de Angra afirmou já ter apresentado à empresa, projetos relacionados majoritariamente às áreas de meio ambiente e Defesa Civil. Entre eles estão a construção do trecho ecológico do Parque da Chácara (R$ 4,7 milhões); a ampliação do sistema de abastecimento e armazenamento de água do Bracuí (R$ 1,5 milhão); a ampliação do sistema de captação e adução de água do rio Mambucaba (R$ 6,3 milhões); além da reforma da sede da Defesa Civil e aparelhamento de embarcações a serem utilizadas pelas suas equipe (R$ 8 milhões). Há ainda projetos na área de saneamento em outros bairros.

— Conseguimos definir um cronograma de pagamento que vai possibilitar que o município faça um conjunto de investimentos em saneamento, educação, saúde, defesa civil e outras áreas, beneficiando toda a população — afirmou o secretário de Governo e Relações Institucionais, Cláudio Ferreti.

A reunião pública na Câmara de Angra contou com a participação de representantes da Eletronuclear e das prefeituras de Angra, Paraty e Rio Claro, além de vereadores e secretários das três cidades. Além de Angra, os municípios de Rio Claro e Paraty também receberão recursos relativos a compensações ambientais pela construção da usina Angra 3.

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X