quinta-feira, abril 18, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesEx-lateral da seleção Daniel Alves é condenado por estupro na Espanha

Ex-lateral da seleção Daniel Alves é condenado por estupro na Espanha

O ex-jogador da seleção brasileira de futebol Daniel Alves, de 40 anos, foi condenado na Espanha a quatro anos e seis meses de prisão por estupro, nesta quinta-feira (22). A sentença foi anunciada pelo tribunal de justiça de Barcelona. Nela, consta ter sido comprovado que Daniel agrediu e abusou da mulher no banheiro da boate Sutton, em 2022.

Confira:

  • 4 anos e 6 meses de prisão.
  • Pena de liberdade supervisionada por cinco anos, e nove anos de afastamento da vítima após o tempo na prisão.
  • Indenização de 150 mil euros (cerca de R$ 804 mil) à vítima por danos moral e físico, além de arcar com as custas do processo.
  • Multa de 150 euros diários durante dois meses, pelo delito de lesão corporal leve.
  • A defesa do ex-jogador pode recorrer à decisão em duas instâncias: no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) e no Supremo Tribunal da Espanha. Enquanto recorrer, Daniel segue preso, segundo o tribunal.

Para o tribunal, ficou comprovado que a vítima não consentiu e que existem elementos, além do testemunho da denunciante, para considerar provada a violação, como a existência de lesões nos joelhos da vítima; seu comportamento ao relatar o ocorrido; e a existência de sequelas.

Este caso teve grande repercussão na Espanha, principalmente após a aprovação de uma lei, em 2022, que tornou o consentimento um elemento-chave em casos de agressão sexual e que aumentou o tempo mínimo de prisão para agressões envolvendo violência.

Durante a sua carreira como jogador, Daniel Alves ganhou cerca de 40 troféus pela seleção brasileira de futebol e por clubes como Barcelona e Sevilha, na Espanha, Juventus, na Itália, e PSG, na França. Após a prisão, o jogador foi demitido do Pumas Unam, do México.

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X