quinta-feira, junho 20, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesLudmilla responde a comentários racistas online: 'Vou seguir existindo e brilhando'

Ludmilla responde a comentários racistas online: ‘Vou seguir existindo e brilhando’

A cantora Ludmilla enfrentou ataques racistas online nesta segunda-feira (20), em meio às celebrações do Dia da Consciência Negra. Sua esposa, Brunna Gonçalves, inicialmente expressou sua indignação no Instagram, seguida por Ludmilla, que confrontou as ofensas e montagens discriminatórias.

Ludmilla compartilhou em seu perfil uma mensagem sobre o “ódio gratuito” que enfrenta desde que se tornou uma artista famosa, destacando que o recente incidente é apenas “um recorte do racismo que sofro em minha rotina”.

Ela escreveu: “Mais um dia da Consciência Negra no Brasil, mais um ano em que, na teoria, o mês de novembro faz com que o mundo nos olhe e ouça mais. Acontece que, na prática, veio à tona, nos últimos dias, um recorte do racismo que sofro em minha rotina, principalmente depois que me tornei artista. Um ódio gratuito jogado em mim por perfis racistas ‘vestidos’ de fãs, que nem de longe lembram o público que gosta de música de verdade.”

A cantora também informou que sua equipe legal já está tomando medidas para identificar e responsabilizar os autores dos ataques racistas online.

Ludmilla declarou: “Minha equipe jurídica já está em ação para identificar os responsáveis por esta enxurrada de ataques, assim como a equipe da plataforma, que já foi acionada e já excluiu os posts denunciados. Não dá mais para eu ter que responder por algo que fizeram comigo. Quem tem que falar ou mostrar a cara é quem faz isso, assim, impunimente. Exausta é pouco, mas não vou recuar – continuarei existindo e brilhando, doa a quem doer – e mais uma vez deixo aqui registrado: não há o que celebrar no dia 20 de novembro.”

Brunna Gonçalves, em seus stories no Instagram, detalhou que os ataques começaram cerca de dois dias atrás. Em lágrimas, ela expressou sua frustração, afirmando que este deveria ser um momento de celebração, mas está chocada com o ódio demonstrado nas redes sociais contra Ludmilla.

Ela também mostrou capturas de tela de posts racistas direcionados à Ludmilla, ressaltando: “Me choca que as pessoas cometem esse tipo de crime como se não tivesse punição e fosse a coisa mais normal do mundo. Não é, nós vamos procurar essas pessoas e elas vão pagar por isso, a internet não é terra sem lei!”

A data, feriado em seis estados do Brasil, homenageia Zumbi dos Palmares, um líder quilombola e símbolo de resistência. Outras celebridades, como Jojo Todynho e Vini Jr., também se manifestaram sobre a relevância do Dia da Consciência Negra.

Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: ofuxico.com.br

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X