sexta-feira, fevereiro 23, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesLudmilla revela experiência de racismo envolvendo deputado Thiago Gagliasso, que nega as...

Ludmilla revela experiência de racismo envolvendo deputado Thiago Gagliasso, que nega as acusações. Entenda!

A cantora Ludmilla compartilhou um vídeo em suas redes sociais nesta quinta-feira (23), onde narra um episódio de racismo que alega ter vivenciado em um evento passado. Segundo Ludmilla, um deputado estadual, que ela sugere ser Thiago Gagliasso, a teria ofendido com a palavra “macaca”.

Esse relato ocorre próximo ao Dia da Consciência Negra, uma data que Ludmilla mencionou em um contexto de luta contínua contra o racismo. Ela expressou que “não há o que celebrar”, destacando a persistência do racismo em sua vida.

Além disso, Ludmilla confirmou que receberá a Medalha Tiradentes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), agradecendo aos deputados que apoiaram a honraria. Ela aproveitou a ocasião para responder a Thiago Gagliasso, que publicou um vídeo em sua rede social votando contra a concessão da medalha, citando a música “Verdinha” da cantora como razão.

Thiago Gagliasso reagiu às acusações de Ludmilla em suas redes sociais, descrevendo-as como falsas e chamando a cantora de “antirracista de ocasião” e “hipócrita”. Ele defendeu seu voto contrário à medalha, criticando a cantora por supostamente não conhecer o hino nacional e por seu comportamento com crianças do Vidigal.

No vídeo, Ludmilla descreveu o incidente como “um dos piores racismos” que já sofreu, detalhando um encontro em uma festa onde o deputado teria feito o comentário ofensivo. Ela explicou como se sentiu isolada e mal após o episódio, e mencionou um segundo encontro com o mesmo homem, que ela evitou por considerá-lo racista.

Ludmilla explicou que optou por não divulgar a história anteriormente, desejando esquecer o ocorrido, mas sentiu-se compelida a falar após ver o vídeo de Gagliasso justificando seu voto contra a medalha devido à música “Verdinha”.

Thiago Gagliasso, em um vídeo postado na quarta-feira, defendeu seu voto na Alerj, enfatizando que não é racista e que sua posição estava relacionada a questões de postura e valores conservadores, e não a questões raciais.

Foto: Reprodução/ Instagram

Fonte: cnnbrasil.com.br

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X