quinta-feira, junho 20, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesMentiras e R$ 18 milhões: Entenda o rompimento de Larissa Manoela com...

Mentiras e R$ 18 milhões: Entenda o rompimento de Larissa Manoela com seus pais

No domingo, 13 de agosto, data em que se comemorou o Dia dos Pais, o Brasil parou para assistir a entrevista de Larissa Manoela concedida ao Fantástico, na TV Globo. Durante a conversa com a jornalista Renata Capucci, a atriz de 22 anos explicou detalhadamente por que rompeu com os pais, Silvana Taques e Gilberto Elias.

De acordo com Larissa, ela não estava satisfeita com a condução de seus negócios e decidiu tomar as rédeas da própria carreira, o que desagradou os pais.

Larissa Manoela era sócia de três empresas, uma delas chamada Dalari, aberta por Silvana e Gilberto em outubro de 2014, quando a atriz tinha apenas 13 anos. Trabalhando desde os 4 anos de idade, a atriz confiava aos pais todos os contratos dela. Ao completar 18 anos, ela descobriu incoerências acerca da composição societária das firmas e de certas cláusulas que a fizeram tomar a atitude de não mais contar com os familiares na administração de seus negócios.

É através do CNPJ da empresa Dalari que passavam a grande parte dos contratos da artista e é onde está a maioria do patrimônio que ela adquiriu em 18 anos de trabalho. Os pais contaram à Larissa que cada um dos três tinha partes iguais na empresa: 33,33%. Entretanto, quando a atriz verificou a informação com contadores, descobriu que ela era dona de apenas 2% de participação. Essa mentira foi motivo de grande chateação para a jovem.

Larissa Manoela também apresentou documentos provando que, em outra empresa, era a única dona. Porém, havia uma cláusula que dava aos seus pais plenos poderes para fazer negociações sem autorização dela. “Eu era a única sócia, mas eles eram 100% administradores dessa empresa. Por isso que eu era só comunicada. Eles podiam decidir, assinar e se comprometer por mim”, disse a atriz.

Numa terceira empresa, dividida em três partes iguais e criada em maio de 2022, a ideia era reunir todo o patrimônio da primeira empresa, mas Larissa disse que isso nunca aconteceu de fato. Decidida a mudar o rumo que a situação estava tomando, no último mês de março a artista reuniu uma equipe de advogados e seus pais, na tentativa de chegar a um acordo em relação à primeira empresa, a Dalari.

Incialmente, Larissa propôs 60% para ela, 40% para os pais. Eles então pediram o contrário, 60% para eles e 40% para ela. Chegou-se então ao valor de meio a meio, mas, além de metade da empresa, eles também queriam 6% dos ganhos da filha pelos próximos dez anos.

A atriz não aceitou e tirou os dois da administração da empresa individual. Ela, então, começou a renegociar os contratos feitos com a Dalari para levá-los para a empresa em que ela concentrará, a partir de agora, sua carreira. Ela decidiu abrir mão e deixar para os pais R$ 18 milhões de seu patrimônio. Larissa quer apenas que os pais assinem distratos das duas empresas e afirma que eles ainda não fizeram, motivo pelo qual foram notificados extrajudicialmente. “Eu tenho a plena consciência de que essa minha escolha é pra dar o conforto necessário para os meus pais”, disse a artista, sobre a decisão de abrir mão de milhões.

PAIS DE LARISSA MANOELA SE PRONUNCIAM

Em nota, a defesa de Gilberto e Silvana Elias dos Santos, pais da atriz, afirma que Larissa Manoela falta com a verdade quando menciona que não sabia qual era o percentual dela na empresa Dalari, já que “assinou uma alteração contratual em janeiro de 2020 na qual constava clara e expressamente o percentual de 2%”.

De acordo com o advogado, também não é verdade que Larissa não tinha acesso a dinheiro no dia a dia, porque “ela sempre teve e utilizou seus cartões de crédito com os quais sempre pôde comprar tudo que desejou”.

De acordo ainda com a nota, a atriz “distorce a realidade quando diz que tem dificuldade para negociar a saída das sociedades com os pais, uma vez que as notificações formais só foram recebidas por eles no início de agosto”. E que os pais estão dentro do prazo para as providências legais.

O advogado afirma que é Larissa quem se recusa a conversar com a mãe e sequer responde as mensagens do pai. Por fim, a defesa diz que os pais acreditam ser extremamente triste e lamentável a opção de Larissa pela ingratidão, pela indiferença e pelo desrespeito. E que a atriz é amada incondicionalmente.

Assista a matéria aqui:

Foto: Reprodução Globo

Fonte: ofuxico.com.br

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X