quarta-feira, maio 22, 2024
Com Beto Carmona
InícioNotíciasAngra dos ReisOAB Mulher diz que feminicídio no Centro de Angra é 'inaceitável'

OAB Mulher diz que feminicídio no Centro de Angra é ‘inaceitável’

Em nota divulgada pela seção OAB Mulher e enviada ao jornalismo da Costazul FM, a seccional do Rio de Janeiro da Ordem dos Advogados do Brasil classificou como ‘inaceitável’ o feminicídio ocorrido no Centro de Angra dos Reis, na tarde da quinta-feira, dia 5.

Por volta das 14h, o comerciante Elias Lucas de Oliveira, conhecido como ‘Biju’, de 66 anos, matou a tiros a sua ex-companheira Aline Rose Breves, de 41 anos, dentro de uma loja na rua do Comércio. Em seguida, Elias atentou contra si mesmo, sem sucesso. Ele está internado no Hospital Municipal da Japuíba (HMJ).

A Ordem dos Advogados do Brasil informou que Aline já havia pedido uma medida protetiva contra o ex-marido e até mesmo a sua prisão preventiva, tendo sido ela vítima de outra tentativa de homicídio. O homem também já havia cometido crimes contra as filhas da vítima, sem punição. Para a OAB Rio, a morte de Aline foi uma tragédia anunciada. As medidas protetivas previstas na legislação não foram suficientes para evitar o crime.

Para a Ordem dos Advogados, este crime é uma ‘dolorosa lembrança de que a violência contra a mulher continua a assolar a cidade’.

“É crucial enfatizar a importância de uma ação rápida e eficaz em casos de violência doméstica. O registro de ocorrência e as medidas preventivas são passos cruciais, mas precisam ser seguidos por ações concretas e efetivas para proteger as vítimas”, diz a OAB Mulher.

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X