sábado, junho 22, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesParticipantes do reality show "Round 6: O Desafio" consideram processar a Netflix...

Participantes do reality show “Round 6: O Desafio” consideram processar a Netflix por lesões

Os participantes do reality show “Round 6: O desafio” estão considerando a possibilidade de processar a Netflix após relatos de que sofreram hipotermia e lesões nos nervos durante as filmagens. Segundo informações, três pessoas precisaram de atendimento médico durante a gravação da nova série, conforme noticiado anteriormente pela CNN na terça-feira (22). Apesar dessas alegações, a Netflix refutou a ocorrência de “qualquer lesão grave”.

O escritório de advocacia britânico Express Solicitors está representando dois dos participantes afetados, cujas identidades ainda não foram reveladas. Esta informação foi divulgada inicialmente pelo site Deadline. Os competidores afirmam ter enfrentado dificuldades na primeira prova do show, “luz vermelha, luz verde”, onde eram desafiados a permanecer imóveis para evitar serem capturados por uma boneca robótica intimidadora.

Esta etapa foi filmada no Cardington Studios, uma antiga base da Força Aérea Real, localizada em Bedford, durante um período de frio intenso no Reino Unido. A Express Solicitors argumenta que os clientes representados por eles tiveram sua saúde em risco ao ficarem imóveis por longos períodos em temperaturas baixas.

Daniel Slade, CEO da firma de advocacia, comentou: “Os competidores pensaram que estavam participando de algo divertido, e os feridos não esperavam sofrer tanto. Agora, eles ficaram com lesões, depois de passarem um tempo presos em posições dolorosas e estressantes em temperaturas frias”.

Ao todo, 456 pessoas foram selecionadas para participar de desafios muito parecidos com os apresentados na série de ficção original do programa, com a diferença crucial de que nenhuma delas estava em risco de morte.

Um porta-voz do reality declarou que “nenhuma ação judicial foi movida por nenhum dos competidores. Levamos muito a sério o bem-estar de nossos competidores”.

Foto: REUTERS/Kim Hong-JiKim Hong-Ji/Reuters

Fonte: cnnbrasil.com.br

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X