terça-feira, setembro 27, 2022
Anuncie na Rádio Costa Azul
InícioDestaquesPrefeito e vice-prefeito de Mangaratiba têm mandatos cassados pela Justiça Eleitoral por...

Prefeito e vice-prefeito de Mangaratiba têm mandatos cassados pela Justiça Eleitoral por abuso de poder 

O prefeito de Mangaratiba, Alan Campos da Costa (PP), conhecido como Alan Bombeiro, e o vice-prefeito, Alcimar Moreira Carvalho (Patriota), conhecido como Chicão da Ilha, tiveram os mandatos cassados por abuso de poder político-econômico, nesta quinta-feira (11). Alan foi reeleito em 2020, com 51,75% dos votos.

A decisão é do juiz Richard Robert Fairclough, da 54ª Zona Eleitoral de Mangaratiba, que também tornou Alan Bombeiro inelegível por 8 anos.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi proposta por Thiago dos Santos e Rodrigo Ferraz, que concorreram aos cargos de prefeito e vice, pelo Podemos, na eleição de 2020.

Os autores alegam que houve a contratação de cargos comissionados e temporários durante o ano eleitoral de 2020, que, além de gerar excesso de gastos com pessoal, tiveram como único e exclusivo objetivo a captação de votos para a reeleição.

Contratação irregular

Documentos obtidos pelo Ministério Público apontam a contratação de pessoal para 1.077 cargos comissionados, além de 745 servidores temporários de forma irregular e sem comprovação de necessidade.

“Não se justifica a ‘urgência’ na contratação deste quantitativo de servidores em tão pouco tempo, quantitativo, inclusive que ultrapassa o número de servidores concursados”, disse o juiz em um trecho da decisão.

“(…) Forçoso concluir pelo desvio de finalidade na contratação de 1.822 servidores, entre comissionados e temporários, convenientemente no ano eleitoral, com claro indicativo de que as contratações não tiveram por objetivo suprir carência do serviço público, mas sim captar a simpatia e fidelidade dos contratados e familiares, a fim de, com abuso de poder político-econômico, obter vantagem nas eleições municipais através de ato de autoridade exercido em detrimento do voto, com a quebra de igualdade, e ruptura da livre escolha do governante”, completou.

*Matéria retirada do G1

RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Palylist Sertaneja
Palylist Sertaneja
X