quinta-feira, fevereiro 29, 2024
Com Beto Carmona
InícioNotíciasAngra dos ReisPresidente Milei enfrenta a primeira greve de seu governo

Presidente Milei enfrenta a primeira greve de seu governo

O presidente da Argentina, Javier Milei, enfrentou a primeira greve de seu governo nesta quarta-feira (24/1). Coordenada pelo sindicato da Confederação Geral do Trabalho (CGT), maior movimento sindical do país, a paralisação durou 12h e mobilizou a população para o Centro de Buenos Aires.

A principal reivindicação do grupo é em relação aos cortes de gastos e de privatização apresentados pelo presidente, que se elegeu ao prometer impulsionar a economia. A Argentina tem hoje a maior inflação do mundo, de 211% ao ano.

Bancos, hospitais, serviços públicos e transportes foram afetados. As companhias aéreas cancelaram centenas de voos. Apenas para o Brasil foram 33 deles.

Os sindicalistas garantem que com as ações de Milei, a pobreza e o trabalho informal cheguem a 90% da população argentina. “Não existe criação de empregos, o que existe é miséria generalizada. Não existe medidas para mitigar os danos que estão causando”, afirma o sindicalista Hugo Yasky.

Já o governo afirma que as medidas de austeridade são necessárias, após anos de gastos excessivos que deixaram a Argentina com enormes dívidas com credores locais e internacionais, incluindo um acordo de US$ 44 bilhões com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X