quinta-feira, fevereiro 29, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesProblemas financeiros? Entenda o real motivo da revolta do marido de Ana...

Problemas financeiros? Entenda o real motivo da revolta do marido de Ana Hickmann

Recentemente, novos detalhes emergiram sobre o conflito entre a famosa apresentadora Ana Hickmann e seu marido, Alexandre Correa. Uma tensão crescente entre o casal ganhou atenção na mídia, mas até agora, as razões exatas do desentendimento permaneciam incertas, levando a graves consequências.

De acordo com fontes consultadas pelo portal de Leo Dias, pouco antes do incidente, Ana estava conversando com o filho do casal, de nove anos, sobre problemas financeiros enfrentados pela família. Alexandre Correa teria se irritado quando sua esposa compartilhou essa informação com o filho mais velho.

Ao ver Ana Hickmann discutir as questões financeiras com o filho, Alexandre respondeu agressivamente. A situação escalou a ponto de o filho pedir que parassem de discutir, mas infelizmente isso não aconteceu. A criança acabou fugindo do local, visivelmente abalada. Um relatório do Banco Safra revela que Ana Hickmann, seu marido Alexandre Correa, e a empresa do casal, Hickmann Serviços Ltda, têm uma dívida acumulada de R$ 14,6 milhões.

Após a agressão, Ana chamou a polícia. Antes de ir à delegacia, ela foi levada ao Hospital São Camilo para tratamento, onde seu braço esquerdo foi imobilizado com uma tipoia. Ela relatou que estava na cozinha de sua casa, em Itu, São Paulo, com seu filho e marido no momento do incidente.

Depois que o filho de Ana tentou interromper a discussão dos pais, ele saiu correndo, “assustado”, “no momento em que o autor [Alexandre] começou a pressionar a vítima contra a parede e ameaçou agredi-la com uma cabeçada”. Alexandre inicialmente negou as acusações, mas depois, influenciado por uma nota da assessoria de Ana, admitiu o incidente.

Ele reconheceu ter negado a agressão inicialmente por desespero. “Quando eu vi aquela nota, eu entrei em total desespero e neguei. Mentiu? Menti. Ponto. Ou eu omiti o fato? Omiti. Eu estava numa estrada, desesperado, desnorteado. Estava perdido. Falei: ‘meu Deus do céu. Que coisa?’ Desculpa o vocabulário: ‘que cagada que aconteceu”, disse ele em entrevista ao Splash Uol. Ele lamentou não ter evitado a escalada da situação.

Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: emoff.meionorte.com

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X