quarta-feira, maio 22, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesResgatados mais de 11 mil animais afetados pelas enchentes no RS

Resgatados mais de 11 mil animais afetados pelas enchentes no RS

Voluntários e agentes das forças de segurança do Rio Grande do Sul trabalham incansavelmente para resgatar animais de estimação e silvestres, afetados pelas enchentes que atingem o estado desde o final de abril.

Até o meio-dia de terça-feira (14), a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) registrou o resgate de 11.002 animais. A maioria são cães e gatos, mas também foram acolhidas aves, guaxinins e cavalos, como o caso notório de Caramelo, que foi avistado imóvel no telhado de uma casa inundada em Canoas.

Após o resgate, os animais passam por uma triagem veterinária. Aqueles que estão em boas condições de saúde são devolvidos aos seus tutores. No entanto, quando os tutores não podem ser identificados, os animais são encaminhados para abrigos públicos, organizações não governamentais (ONGs) ou para clínicas veterinárias, caso necessitem de cuidados médicos.

Em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, um amplo galpão cedido temporariamente pelo grupo Carrefour Brasil é utilizado como abrigo provisório para parte dos animais resgatados na região. O espaço, que anteriormente abrigava um hipermercado, foi adaptado para receber até 180 cães. O secretário interino da Secretaria Municipal de Proteção Animal (Sempa), André Ellwanger, relatou que muitos dos animais chegam exaustos e necessitam de alimento e água.

Enquanto isso, organizações não governamentais como o Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad) atuam para salvar e cuidar dos animais afetados. No entanto, enfrentam desafios significativos devido à inacessibilidade de muitas áreas atingidas pelas enchentes.

A secretária estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffmann, enfatizou a importância do esforço conjunto, reconhecendo o trabalho incansável de todos os agentes envolvidos nos resgates. Para ela, essas ações são fundamentais para preservar as vidas dos animais e demonstram a força de uma rede integrada e organizada em tempos de crise.

O Talk Show da última segunda-feira (13) entrevistou a protetora de animais Lisiane Socool, que está atuando em Canoas. A entrevista pode ser conferida no canal da rádio no YouTube.

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X