quarta-feira, julho 24, 2024
Com Beto Carmona
InícioDestaquesDólar cai para R$ 5,36 após declarações de Lula e ministros

Dólar cai para R$ 5,36 após declarações de Lula e ministros

O dólar caiu para R$ 5,36 nesta quinta-feira (13) após declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e dos ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e do Planejamento, Simone Tebet, reafirmando compromisso com o ajuste fiscal. A Bolsa de Valores (B3), porém, recuou 0,13%, marcando o segundo dia consecutivo de queda e atingindo o menor nível em sete meses.

O dólar comercial fechou a R$ 5,367, uma queda de 0,73%. A cotação manteve-se estável pela manhã, mas caiu após as 11h15, quando Haddad e Tebet anunciaram um plano de revisão de gastos públicos. À tarde, a cotação consolidou-se em R$ 5,36. Em junho, o dólar acumula alta de 2,25% e, de janeiro a junho de 2024, 10,59%.

O índice Ibovespa fechou aos 119.777 pontos, caindo 0,13%. O índice oscilou, caindo 0,64% ao meio-dia, recuperando-se à tarde, mas não sustentando os 120 mil pontos.

Recentemente, o mercado enfrentou turbulências devido a fatores internos e externos. Internacionalmente, o Federal Reserve indicou um único corte de juros de 0,25 ponto percentual este ano, contrariando expectativas de dois cortes em 2024. Internamente, a devolução da medida provisória que limita compensações do PIS e Cofins pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, aumentou a pressão por cortes de gastos.

Antes da entrevista de Haddad e Tebet, Lula expressou apoio à equipe econômica durante sua viagem ao G7 na Itália, destacando que uma liminar do Supremo Tribunal Federal impõe reoneração da folha de pagamento para 17 setores se não houver acordo com o Congresso.

“A decisão da Suprema Corte vai acontecer. Se em 45 dias não houver acordo sobre compensação, a desoneração acabará. A bola não está mais com Haddad; está com o Senado e os empresários”, afirmou Lula.

RELACIONADAS

MAIS LIDAS

SIGA-NOS

26,000FãsCurtir
13,300SeguidoresSeguir
1,420InscritosInscrever
Sorteio de Bonés no APP
X